Academia Lotada? 5 Dicas para adaptar seu treino!

Uma academia lotada pode ser um problema para quem quer treinar com qualidade. Mas existem formas de otimizar seu treino, mesmo nestas condições. Veja neste artigo como treinar corretamente em uma academia lotada.

Muitas vezes, treinar em academias lotadas é um problema para a maioria das pessoas, porque limita muitos métodos de treino.

Variações de movimento, métodos de treino e outras situações, exigem espaço e principalmente, mudança de local e posição.

Neste caso, muitas vezes, treinar em academias lotadas acaba limitando seu treino.

Porém, isso não pode ser uma desculpa. Afinal, há várias formas de otimizar seu treino, mesmo em uma academia lotada.

Basta saber adaptar as variáveis e adequar as suas necessidades.

Como treinar em uma academia lotada e ter um treino altamente eficiente?

O primeiro passo é buscar entender porque a academia está lotada e se não há algum momento em que você possa treinar e que seja mais “vazio”. Se possível, busque estes horários.

Porém, isso nem sempre é possível. Muitas vezes sua rotina permite apenas frequentar os horários mais movimentados, existem formas de treinar da forma adequada mesmo assim.

O que você precisa, nestes casos, é criar uma estrutura de treino que utilize determinadas técnicas, para ter mais facilidade.

1- Busque adaptar seu treino para aparelhos menos movimentados

Não é via de regra, mas em quase todas as academias, a segunda-feira é dia de homens treinarem peitoral e mulheres treinarem coxas.

E se você adaptar seu treino para não usar os equipamentos, pesos e locais destes treinos, nos dias mais movimentados? Isso te dará, em primeiro momento, uma vantagem enorme de localização.

Lógico que isso é válido para algumas situações. Nem sempre é possível. Mas sempre analise se há dias onde existem lugares mais cheios. Evite-os.

2- Abdique de métodos com muitas variações de local e equipamento

Métodos de treino como bi-set, por exemplo, pode não ser muito indicado para estas situações. Imagine ter que sair do supino reto e ir para o voadorPeck Deck (voador) – Execução correta e como evitar de lesionar os ombros, em uma academia lotada.

Praticamente impossível, não é? Até mesmo variações de drop-set, por exemplo, pode ser pouco interessantes para este tipo de situação.

Naturalmente que há situações onde não há como fugir. Porém, aqui o planejamento de treino é fundamental, pois ele precisa levar em conta estas situações.

3- Use métodos que precisam de pouca variação de posição ou equipamento

Se métodos com muita movimentação não são indicados, aqueles onde é possível conseguir um estímulo acentuado em pouco espaço, são muito bem-vindos.

Aqui, irei tratar de inúmeras situações.

Por exemplo, se você está fazendo um exercício em polia, este talvez seja o ponto ideal para fazer um drop-set.

Não há necessidade de grandes variações no movimento e a manipulação do peso é fácil e rápida.

Quando você estiver usando exercícios livres, priorize métodos como o rest-pause ou do pico de contração, pois eles podem ser feitos sem grandes mudanças de carga ou mesmo de local e espaço.

Naturalmente que estes métodos têm que ser adaptados a sua periodização e não ser usados de qualquer forma.

Porém, sabendo que é necessário otimizar o treino de acordo com o ambiente, é muito importante usar estas variações para otimizar seu treino.

4- Adapte as variáveis com inteligência

Quem disse que você precisa de grandes mudanças para ter um bom resultado? Se é difícil mudar de exercício ou você precisa ficar revezando, que tal ajustar as variáveis para ter melhores resultados?

Intervalos de descanso diferentes, mais volume e adequação de carga, cadências variadas e muito mais. Tudo isso pode ser usado para melhorar e otimizar seu treino.

Quando estamos falando de um ambiente cheio, isso pode te ajudar a ter um treino mais eficiente, sem que haja interferência de muitas pessoas.

5- Pesos livres sempre são uma alternativa

Pesos livres, bem como o peso do corpo (calistenia), são excelentes para otimizar seu treino em academias lotadas.

Não há espaço para fazer determinado movimento? Provavelmente há alguma variação que pode ser feita, usando apenas pesos livres e calistenia.

Isso vai fazer com que você não perca tempo e nem que seu treino seja menos intenso e volumoso. Você precisará apenas de pesos e um espaço livre.

Naturalmente não há como treinar sempre desta forma. Porém, em momentos específicos, é uma forma sensacional de não ter seu treino prejudicado.

Treinar em academias lotadas é um problema bastante comum. Para pessoas que precisam de muita ajuda de instrutores, o problema é ainda maior.

Tudo o que mostrei acima é paliativo e muitas vezes, vai esbarrar em outras questões. Não é o melhor cenário, treinar em academias lotadas. Se não há outro jeito, podemos adaptar.

Mas se possível, busque uma opção que te dá mais conforto e principalmente, que vai fazer com que os instrutores possam te orientar corretamente.

Sempre treine com orientação profissional. Bons treinos!

Fonte: Treinomestre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *