Suplementos e corrida de rua – Suplementação para corredores

A alimentação é fundamental para qualquer pessoa. Mas nem sempre o cardápio consegue suprir todas as necessidades de nutrientes que o corpo necessita, principalmente para quem pratica corrida de rua. É nesse momento que o uso de suplementos alimentares entra em ação.

Os motivos para utilizá-los são os mais variados: ganho de massa muscular, retardo na fadiga, melhora da performance durante treinos e competições, etc. Cada suplemento tem sua funcionalidade.

Mas atenção! O uso de suplementos deve ser orientado por um profissional de nutrição esportiva. Somente ele poderá avaliar a sua real necessidade. Quando tomados em excesso ou de maneira errada, ao invés de auxiliar eles podem prejudicar o seu desempenho.

Montamos uma lista com os principais suplementos que irão ajudar a turbinar seu dia a dia.

Bebidas isotônicas: garantem a reposição dos carboidratos e eletrólitos, nutrientes fundamentais para manter um alto padrão de energia. Beba durante a corrida ou logo após o término.

Polivitamínicos: comprimidos que contêm diversas vitaminas em sua fórmula. Durante uma corrida intensa você perde vitaminas e minerais muito rapidamente. Caso não haja a reposição dos nutrientes perdidos, o cansaço se manifesta antes da hora e provoca uma diminuição no ritmo da atividade.

Glutamina: Ajuda a manter o sistema imunológico fortalecido, promove o ganho de massa muscular e é excelente também para a recuperação dos músculos depois da corrida. Deve ser ingerida no pós-treino.

Gel de carboidrato: indicados para repor a energia. A recomendação é ingerir um sache a cada 45 minutos de atividade física intensa, sempre seguido de água, para evitar a desidratação.

Whey Protein: produto derivado da proteína do leite, o Whey Protein é sinônimo de ganho e manutenção da massa muscular. Pode ser usado tanto antes como depois da corrida.

BCAA: aminoácido de cadeia ramificada que compreende três aminoácidos essenciais. Atua como fonte de energia para o músculo durante períodos de estresse metabólico, ajudando a poupar o glicogênio muscular.

Termogênicos: substâncias que aumentam a temperatura corporal e, consequentemente, a queima de gordura. Trabalham convertendo a gordura em energia. Seu uso tende a aumentar a frequência cardíaca.

Barras Protéicas: são excelentes para substituir lanches e evitar o catabolismo (quebra de músculos). Podem ser ingeridas antes, durante ou após a corrida.

Stéphanie Mulder Perrone
jornalista MTB 15.577 / produtora audiovisual

Fonte: Treinomestre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *